Avançar para o conteúdo
P2ECREW - Tudo sobre Jogos NFT, Web3 e Metaverso » COMO ENTRAR NO METAVERSO EM 2022

COMO ENTRAR NO METAVERSO EM 2022

É possível entrar no metaverso de diferentes formas. Na verdade, a palavra “metaverso” tem mais de um significado. Alguns entendem o metaverso como todas as aplicações digitais, outros como uma realidade virtual imersiva. Mas também há os que o entendem como uma combinação entre o mundo físico e o virtual.

Porém, todos esses significados têm uma coisa em comum: eles fazem referência a algo que transcende o mundo físico. Afinal, metaverso quer dizer “além do universo”. Por isso, vamos explicar neste texto de que formas já é possível transcender o mundo físico e acessar o metaverso!

MUNDOS VIRTUAIS

Atari no mundo virtual de The Sandbox. Imagem: The Sandbox.

Uma das principais portas de entrada para o metaverso são os mundos virtuais que têm sido desenvolvidos por games na blockchain. Neles, é possível comprar um pedacinho do metaverso e fazer o que quiser com ele.

Uma das principais portas de entrada para o metaverso são os mundos virtuais que têm sido desenvolvidos por games na blockchain. Neles, é possível comprar um pedacinho do metaverso e fazer o que quiser com ele.

Um desses jogos é o The Sandbox. O mundo desse game é dividido em 166.464 lotes de terra chamados LANDs. Cada um deles é um NFT. Os proprietários podem construir o que quiserem em suas LANDs, inclusive seus próprios jogos. Decentraland e Upland são outros exemplos de games com propostas semelhantes.

Já é possível acessar o metaverso visitando cada um desses jogos e conferindo como seus mundos virtuais estão se desenvolvendo. Mas se você quer fazer parte da criação do metaverso, pode comprar um terreno e criar seu próprio pedacinho em um desses mundos virtuais.

O que fazer no seu terreno em The Sandbox.

HEADSETS DE REALIDADE VIRTUAL

Headset de realidade virtual. Imagem: Shutterstock.

Headsets de realidade virtual são equipamentos que simulam uma realidade imersiva através da visão e da audição. É o caso do Oculus Quest 2, entre diversos outros modelos. Esses headsets vêm com câmeras acopladas que rastreiam o movimento das suas mãos. Eles também são complementados com controles manuais.

Dessa forma, o seu avatar pode reproduzir os seus movimentos e interagir com os objetos virtuais. Os avatares são as nossas representações digitais. É através deles que viajamos pelo metaverso imersivo.

Por enquanto, esses headsets são usados principalmente para jogos. Mas essa não é a única aplicação deles. Esses equipamentos também já são usados para simular experiências de turismo, além de escritórios de trabalho virtuais compartilhados por uma equipe cujos membros não se encontram no mesmo local.

REALIDADE AUMENTADA E REALIDADE MISTA

Óculos de realidade mista. Imagem: Microsoft.

A realidade aumentada ocorre quando um objeto virtual é sobreposto ao mundo físico. Isso acontece, por exemplo, quando capturamos monstrinhos no Pokémon Go usando a câmera do celular. Essa é uma forma de combinar os mundos físico e virtual, que é uma das portas de entrada para o metaverso.

Mas uma maneira mais intensa de fazer isso é a partir dos óculos de realidade mista. Diferente dos headsets de realidade virtual, esses equipamentos não te tiram da realidade física, eles combinam o mundo virtual e o físico em um só.

Esses óculos permitem ver objetos 3D virtuais à nossa frente, totalmente ajustados ao ambiente. Também podemos interagir com eles exatamente como se eles estivessem no mundo físico. Atualmente, o óculos mais popular é o Google Glass Enterprise Edition 2.

Essas são as principais portas de entrada para o metaverso em 2022! Se você gostou deste artigo, continue acompanhando mais conteúdo da P2E CREW sobre metaverso, jogos play to earn, NFTs, web3, DAOs e muito mais. Também participe do nosso Discord e nos siga nas nossas demais mídias sociais.

Imagem de capa: Vectorpocket/Freepik.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Exit mobile version